segunda-feira, 23 de abril de 2012

enfermagem, i love you

como é que é possível que o procedimento da colocação de um catéter urinário (aka sonda vesical aka algália - este nome é tão feio, blhac) esteja a ser o meu preferido até agora? é por treinarmos em bonequinhos com pilinhas e pipis* de borracha, não é? 

cheira-me que não vai ser nada assim com pilinhas e pipis a sério. 

*linguagem altamente científica usada pelo meu Professor preferido, mas que caso fosse confrontado pelo uso de tal linguagem negaria veemente tal coisa - palavras dele. 

4 comentários:

Clair de Lune disse...

Em pilinhas e pipis a sério é mais fácil porque escorrega melhor ahahah!
Um truque que eu uso e nunca me falhou quando algalio mulheres: fechar os olhos, apontar e meter! Parece estúpido, mas resulta na perfeição!

***

Maria disse...

Ainda bem! É claro que me assusta um bocado lidar com pipis e pilinhas alheios (principalmente os últimos), mas pronto, vai correr tudo bem :)

Obrigada!

Amélie disse...

Fazes-me lembrar de mim, no meu primeiro ano :) Ainda que a minha técnica preferida fosse a cateterização/punção venosa. Mas não te preocupes, quando chegar a tua vez vai correr tudo bem. O segredo para aprender mais e melhor é chegares-te à frente, não esperares que as oportunidades venham ter contigo, consolidar conhecimentos para poder arriscar na prática com segurança. Força nisso :)

**

Maria disse...

Eu ainda não aprendi punções, estou mais que ansiosa! Merci beacoup Amélie et bonne chance ;)